12 de mai de 2008

pág. 11

13. INT. CASA DE MOE - DIA

A sala está escura, pouca luz se vislumbra entre os cortinados fechados. Moe entra, afastando coisas do chão, para deixar Rita e Thomas passarem.

MOE

Desculpem o aspecto da coisa, mas faz tempo que dispensei a empregada das limpezas. Houve um dia que ela passou um pano com detergente na minhas placas de vidro com cultivo de bactérias. Foram meses de pesquisa deitados fora.

Moe despe o roupão e coloca-o no sofá cheio de roupa usada.

RITA

Moe vais ter que parar com isto, tu não podes continuar a viver assim no meio desta porcaria. E o que foi feito da tal amiga que foi jantar contigo há uns meses?

MOE

Quem? A Joana? Não sei ao certo. Acho que passei o jantar a falar de coisinhas muito pequenas, e devo tê-la assustado um pouco. Coitada. Mas acabei por ter mais tempo para provar as minhas suspeitas.

RITA

Que são?

THOMAS

O Moe explicou-me um pouco por alto ao telefone. Acho que é melhor sentares-te.

Thomas olha para os lados

Bem, em algum sitio.

RITA

Parem lá com tanto suspense, já enerva. Vá. O que se passa com os "nanoides"

MOE

Eles estão à solta. Livres e incontroláveis.

RITA

Mas como é isso possível? Eu lembro-me perfeitamente dos resultados do nosso trabalho, e sei que nunca cometemos erros na avaliação...

THOMAS
Eles conseguiram autorestabelecer-se, por assim dizer. Eles para além de resolverem 99,5% dos males do hospedeiro, conseguiram resolver os seus próprios males e defeitos. Um tipo de Upgrade pelo que percebi.

MOE

Também não foi assim tão simples, Tom. Nós quando os criámos não estávamos errados, nem fizemos merda... Desculpa Rita.

Moe tira os óculos, e limpa as lentes na t-shirt com uma estampagem da branca de neve da Disney.

O velho quando levou o projecto para o laboratório dele, aliás, quando "roubou" o projecto, deve ter tido uma equipe que ao seguir a criação dos "nanóides" alterou o nosso original! Deu mais poderes ao que eles tinham. Assim eles ganharam mais capacidades do que necessário. Uma delas é poder sobreviver fora do corpo do hospedeiro humano, podendo viajar pelo ar para outro hospedeiro.
Neste momento é uma nuvem invisível, sem se saber por onde andam...

THOMAS

Mas pode nem ser assim tão mau quanto parece, as pessoas vão ter acesso à cura do cancro e da SIDA gratuitamente.

Moe levanta-se e coloca as mãos nos ombros de Thomas.

MOE

Thomas, não é só nas doenças. Os "nanoides" estão livres de arrumar tudo que esteja danificado no hospedeiro, até a própria morte.

7 comentários:

Anita* disse...

(...) quem diria que um gajo assim vestiria uma t-shirt da branca de neve... hehe...

e os sete anoes ??? será que estão fechados na cave do laborátorio?

kakakakakaaaaaaaa ;)
Kiss *

N.A.N.O disse...

ainda bem que alguém reparou.
conheces o significado de nanismo?

N.A.N.O disse...

alias, há mais coisas dessa na página o2 ;)

Anita* disse...

Na enciclopédia diz:

Nanismo é a condição de tamanho de um individuo quando a sua altura é muito menor que a média de todos os sujeitos que pertencem a mesma população. Se admite que se pode chamar de nanismo quando o tamanho de um sujeito é bem inferior à média dos mesmos sujeitos, na mesma idade.

;) hehe *

elaine haby disse...

Hola Nano ...Muchas Gracias
and that is the extent of my language skills ... thanks for visiting my site ... my exhibition is drawing nearer and crossed fingers all is going well.

N.A.N.O disse...

elaine never confuse a Chinese with Japanese, much less, a Portuguese for a Spaniard

N.A.N.O disse...

...or australian for a british